segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Intradermoterapia (trat. para celulite,estrias e GDL)

Intradermoterapia (enzimas)

Intradermoterapia (enzimas)A intradermoterpia ou mesoterapia consiste na administração de substâncias ou enzimas abaixo da pele, em diferentes níveis, dependendo do local e da alteração a ser alcançada. O tratamento da lipodistrofia engloba gordura localizada e celulite, pois as substâncias melhorarão a perfusão local, promovendo quebra de gordura e proporcionando redução de medidas e melhora no quadro celulítico.

Qual o princípio básico do tratamento e seus resultados?

A intradermoterapia propõe a introdução de medicamentos na derme, camada profunda da pele, através de agulha apropriada de quatro ou seis milímetros de comprimento.
Os medicamentos devem ser administrados em pequenas quantidades em cada ponto de aplicação, no máximos 0,2 mililitros, e espalhado em todo leito a ser tratado com vários pontos neste mesmo leito.
É lógico que ao aplicar um medicamento perto do local afetado pela patologia, que não atinja leito sangüíneo, portanto não se espalhe por todo organismo, a ação deste tratamento será muito mais efetiva que elas vias tradicionais.
Quando se da um medicamento pela via oral, este medicamento passa pelo tubo intestinal, atingindo a circulação venosa, passando pelo coração para daí atingir o tecido a ser tratado.
Imagine que isto faz com que uma grande quantidade de medicação sejam administrada para uma pequena quantidade atingir o tecido a ser tratado.
Na intradermoterapia é necessário uma quantidade muito menor de medicamento, para tratamento de tendinites usamos até vinte vezes menos de antiinflamatório por semana, evitando os efeitos colaterais esperados destes medicamentos como gastrites, entre outros.
O princípio do tratamento baseia-se em conceitos muito conhecidos pela medicina clássica, que são três:
  1. Estimulação neuro-sensorial da puntura
  2. Estimulação imunológica local da pequena irritação local provocada
  3. Efeito farmacológico do medicamento

Em qual situação é eficaz?

Pode ser utilizado contra os seguinte itens:
  • Celulite
  • Gordura Localizada
  • Queda de Cabelo
  • Estrias

O que é Intradermoterapia ?

A intradermoterapia é um procedimento originado na França em 1952 pela primeira vez realizado pelo Dr Michel Pistor, médico rulaista do povoado De Bray Lu À 60 Km Da Capital Francesa.
Dr pistor tratando um paciente com procaína ,por via endovenosa, um anestésico local disponível à época para o tratamento de asma brônquica pulmonar, ouviu do cliente o seguinte relato:
- “eu não melhorei da asma dr., Porém, escutei o relógio de carrilhão bater à noite inteira, o que não acontecia há muito”
Pistor então teve a idéia de injetar a procaina próxima do pavilhão auricular em pequenas quantidades e na derme, aproximadamente a 4mm de profundidade.
Desta idéia inicial de pistor passou-se a tratar várias patologias perto do pavilhão auricular como eczemas, inflamações em geral e distúrbio de articulação têmporo-mandibular.
É claro que o tratamento não foi instituído para surdez e a melhora foi fugaz mas foi o ponto de partida para desenvolver a idéia na frança e posteriormente em todo o mundo.

Quais são os medicamentos proibidos no tratamento?

fazer tratamentos inócuos que na maioria das vezes nem são intradérmicos.
A aplicação de corticóide na derme deve ser realizada com muita cautela para patologias que busquem a atrofia tecidual pois provoca intensa atrofia e deformidade. Caso clássico é o tratamento dos quelóides, que são cicatrizes com aspecto estético muito ruim que podem ocorrer depois de ferimentos ou cirurgias. Para tratamentos de outras patologia ele é contra-indicado.
A utilização de substâncias com vasoconstrictores da circulação, substâncias que levam a dificuldades na circulação de sangue, estão contra-indicados.
As tão veiculadas enzimas nada tem para colaborar ao tratamento intradérmico pois causam intensos quadros alérgicos e não são de eficácia comprovada, estando ligadas á cultura do emagrecimento fácil e rápido, que é enganar o paciente. O emagrecimento ou o tratamento da obesidade se dá exclusivamente com orientação médica adequada por profissional habilitado, exercício físico correto e orientação nutricional.
A intradermoterapia neste caso se presta exclusivamente a tratar, com limitações, a gordura localizada, assim como a cirurgia plástica o faz e são complemetares os dois tratamentos; o clínico e o cirúrgico.

Nenhum comentário:

Postar um comentário