quinta-feira, 28 de abril de 2011

Rejuvenescimento: use os 3 Rs e fique 10 anos mais jovem

Os dermatologistas atuais estão buscando cada vez mais soluções para nós mulheres, mantermos nosso rosto intocado pelo tempo. Aquele rosto naturalmente novo, e não algo imóvel onde estamos sempre com a mesma expressão.
Para conseguir isso os médicos começaram a encarar o rosto de uma forma global e tratá-lo da mesma forma. Evitando o “quebra galho” de tirar uma ruga aqui, enquanto outra nasce ali.
Esta nova estratégia consiste nos 3 Rs do rejuvenescimento:
1. Renovar a pele
Esta etapa consiste na mais velha conhecida das tecnícas de beleza:  a esfoliação. Mas a caseira não é a ideal para um resultado relevante como explica o Dr. Otávio Macedo “ Esfoliação caseira é útil, mas só retira células superficiais e não estimula renovação de colágeno. Para essa finalidade temos os peelings  químicos  e o Peeling de Diamante, esse sim capaz de produzir novo colágeno além de uniformizar a pigmentação.
Os peelings químicos, de cristais ou Diamante ajudam a tiram as manchas causadas principalmente pelo sol, a tirar as rugas superficiais e ajudam a recuperar a firmeza do rosto.
2. Relaxar os musculos
As rugas mais fundas são causadas principalmente pela contração dos musculos do rosto. Portanto, para tratá-las precisamos relaxar os musculos da face, assim tratamos as rugas existentes e evitamos o aparecimento de novas rugas. O tratamento para isso é o mais que comentado BOTOX que deve ser aplicado regularmente atenuando assim as rugas.
3. Recuperar o volume e redefinir os contornos faciais
A pele naturalmente produz acído hialuronico que mantem a pele hidratada e com volume. Com o tempo a pele produz cada vez menos dessa substancia e por isso a pele vai ficando com uma aparencia murcha. O tratamento mais eficiente para evitar esse efeito da idade na pele é o preenchimento com acido hialuronico.
Já para quem quer melhoras a flacidez das bochechas existem tratamentos mais especificos com explicado pelo Dr. Otavio Macedo “Bochechas caídas podem ser tratadas com rádio-frequência (Spectra) que através de ondas de calor consegue-se contrair as fibras colagênicas dando um efeito “lifting”.
Em alguns casos também conseguimos injetar o ácido hilaurônico em  alguns “ vetores”que têm a função de tracionar a pele caída.”
Consulte seu dermatologista e ganhe 10 anos com o tratamento dos 3Rs.
Marque seu horário estou esperando por você!!!
Renata fontany

quarta-feira, 27 de abril de 2011

A vez do peeling: o inverno é época para ficar com a pele mais bonita

O peeling é um procedimento dermatológico que serve para corrigir as imperfeições da pele, como marcas de espinha, manchas de sol, da gravidez, do tempo ou até mesmo cicatrizes.

Nesse processo, são eliminadas as células mais danificadas da pele e estimula-se a produção de colágeno, que garante uma pele nova e cheia de vida. Funciona como uma profunda esfoliação ou até uma espécie de leve queimadura (controlada pelo dermatologista, é claro).

Os peelings podem ser feitos pelos adolescentes, que tem problemas de acne, e até pelos mais velhos, que desejam amenizar os danos que o tempo causa. A única diferença é no ácido usado no tratamento. Quem pode indicar o melhor para o seu caso é seu dermatologista, que, aliás, é o único profissional apto a realizar o peeling.

Esse tipo de procedimento não pode ser feito no verão, só no inverno mesmo, quando a incidência dos raios solares é bem menor e a pele não corre o risco de sofrer irritações por conta do sol forte. Gostou da ideia? Então saiba mais. 
Os tipos de peeling
Os peelings têm intensidades diferentes para tratar caso a caso. Os mais superficiais, por exemplo, agem apenas na epiderme (a camada mais externa da pele). Fique por dentro:

- Peeling físico: utiliza produtos físicos, como a dermoabrasão, que faz uma esfoliação da pele através de cristais de óxido de alumínio. Ele é indicado para amenizar rugas finas, manchas e melhorar a textura de pele.

- Peeling químico: é escolhido o tipo de ácido e a profundidade que esse produto vai atingir de acordo com o estado da pele a ser tratada. Explica-se: o ácido mandélico realiza um peeling extremamente superficial, que remove a camada de células mortas para melhorar textura e maciez da pele.

Em compensação, o ácido retinóico realiza um tipo de peeling menos superficial (mas ainda leve), que retira toda a epiderme para melhorar manchas que não são tão gritantes.

Um peeling médio atinge a derme superficial e serve para melhorar manchas mais profundas ou rugas finas e, para isso, é usado o ácido tricloroacético (TCA). Por fim, o peeling profundo, feito com uma sustância chamada fenol (e, como precisa de anestesia, deve ser feito em um hospital, não no consultório médico como os peelings anteriores), é usado para rejuvenescimento da pele muito envelhecida.  
Os peelings podem ser feitos por todos, desde adolescentes com problemas de acne até pessoas mais velhas que desejam amenizar os danos causados pelo tempo"
Depois do tratamento
Não espere sair com a pele perfeita assim que pisar fora do consultório, ok? É que, dependendo do tipo de peeling, o paciente pode sentir um leve ou severo ardor na pele, como se estivesse queimado de sol. E, logo em seguida, têm início as descamações, que podem durar de três a cinco dias quando se faz um peeling leve. Quando se trata de um mais profundo, as descamações são mais severas e podem provocar inchaço e bolhas que, ao se romperem, formarão cascas, ficarão em um tom castanho e descascarão, no mínimo, entre sete e quatorze dias. Em alguns casos, as descamações pedem curativo cirúrgico. Por isso, é importante esclarecer todas as suas dúvidas com seu dermatologista antes de começar o tratamento. 
Resultado satisfatório
Apesar dos inconvenientes durante o procedimento, o resultado vale a pena. Isso porque o tratamento melhora muito a pele, interferindo na textura e deixando-a mais jovem e renovada. Não há limite de sessões nem de vezes que você pode fazer, desde que seu médico autorize.
E para dar 100% certo, nunca retire as casquinhas que se formam (por mais que seja tentador), use somente o hidratante e o filtro solar que seu médico receitar para não sofrer irritações (a pele fica mais sensível logo após o peeling) e passe maquiagem só depois da aprovação do dermatologista. Dessa forma, não existem mais desculpas para não se livrar das marquinhas que tanto incomodam você. 
Marque seu horário,estou esperando por você!!
Renata Fontany

Inverno, a melhor época para fazer um peeling

O inverno é a melhor época para fazer tratamentos de renovação celular, como os peelings químicos. Eles são um tipo de procedimento capaz de corrigir marcas, manchas e muitas das alterações decorrentes do envelhecimento. Além disso, melhoram a aparência e a qualidade da pele.

Com a ausência do sol forte durante a estação fria do ano, fica mais fácil clarear essas manchas e reduzir pequenas imperfeições que, muitas vezes, são adquiridas no verão, pelo excesso de exposição à luz solar.


O peeling á antigo. Há relatos que remetem à Antiguidade, quando Cleópatra se banhava com leite azedo (ácido lático). As mulheres da Idade Média usavam vinho azedo (ácido tartárico) para promover uma pele limpa, acetinada e rosada. Mas somente a partir do fim de 1800 é que os peelings chegaram à Medicina - e os dermatologistas passaram a usá-los de forma científica para o tratamento da pele, com substâncias como o ácido salicílico, o resorcinol, o fenol e o ácido tricloroacético (ATA).

Hoje eles estão divididos em peelings químicos superficiais, médios e profundos, de acordo com o nível que atingem na espessura da pele. Isso determina uma menor ou maior renovação da derme. Saiba como são, para que servem e qual o melhor para o seu caso.

PEELINGS QUÍMICOS SUPERFICIAIS
São os que determinam uma aplicação sucessiva que pode variar de 7 dias a 1 mês; não necessitam de nenhum tipo de anestesia; as complicações médicas são raras e têm indicação nas peles com acne, alguns tipos de manchas leves e envelhecimento discretíssimo, que pode ocorrer já a partir dos 30 anos de idade. As substâncias envolvidas mais comuns são ATA, ácido salicílico, ácido retinoico e ácido glicólico.

Durante a aplicação, no consultório dermatológico, pode haver um leve ardor tolerável e discreta vermelhidão, dependendo da substância em questão. Nos 3 a 4 dias subsequentes, uma descamação aceitável, corrigida com hidratantes e o uso imperativo do filtro solar, elemento obrigatório na recuperação de todos os tipos de peeling. Novidade nessa área, principalmente para quem quer eliminar manchas e rejuvenescer, é o método Melanin Care: consiste no uso de dois tipos de cremes despigmentantes de uso diário pelo paciente em casa, associados à realização de 4 a 5 peelings, semanais. Não esquecendo da manutenção dos resultados, obtida com a não-exposição solar e o uso correto de filtros solares.

PEELINGS QUÍMICOS MÉDIOS
De aplicação semestral, podem necessitar algum tipo de anestesia, dependendo da tolerabilidade à dor de cada um - desde um creme anestésico, passado de 30 minutos a 1 hora antes da sessão, até sedação leve ou bloqueio anestésico da área a ser tratada. As complicações do método são também raras, mas pode haver um aumento mais pronunciado das manchas ou vermelhidão prolongada da pele. Dermes que apresentam envelhecimento mais pronunciado, com sardas e manchas, se beneficiam muito desse tipo de peeling. As substâncias envolvidas são ATA (uma versão mais potente do que a usada nos peelings superficiais) e fenol sem oclusão, isto é, sem cobrir com nenhum tipo de curativo a região tratada com essa substância. A recuperação da pele, nesses casos, se dá, em média, em 10 dias, pois existe a formação de uma crosta de aspecto amarronzado, que se destacará nesse período e dará lugar a uma pele avermelhada, que paulatinamente retornará, em um mês, ao seu estado natural.

PEELINGS QUÍMICOS PROFUNDOS
Sempre efetuados sob sedação, com algum tipo de anestesia local ou geral, são mais indicados para aquelas peles bem claras e que tenham um grau acentuado de envelhecimento e manchas, a partir dos 50 ou 60 anos de idade. O ideal é que sejam feitos com monitoração cardíaca da pessoa que está sendo submetida ao peeling - pelas possíveis complicações com a absorção da substância que é utilizada sob oclusão, o fenol. Ele é aplicado sobre a pele e deixado com curativo por 24 a 48 horas, quando então é removido. Há inchaço e eliminação importantes de líquidos pela pele, seguidos por formação de uma crosta grossa e marrom que terá seu destacamento total numa média de 15 dias. Na sequência, uma vermelhidão ocorrerá por, no mínimo, de 2 a 3 meses após a realização do peeling.

Com essas dicas você já está apto(a) a entender o que seu médico dermatologista terá a lhe oferecer como tratamento de pele e peeling químico neste inverno - momento ideal, pois os dias mais frios garantem uma recuperação mais rápida, com menos riscos de surgirem manchas e inchaço.

Mas, atenção: somente o médico dermatologista, profissional em quem você deposita total confiança, pode ser o responsável pela melhor indicação e realização do seu tratamento.

terça-feira, 26 de abril de 2011

Limpeza de pele varre cravos, espinhas e impurezas

Cravos, espinhas e os famosos miliuns (bolinhas de sebo sob a pele) fazem você estremecer em frente ao espelho? Eles são resultados de impurezas produzidas pelas glândulas sebáceas e que a derme não conseguiu expelir. Para conseguir se livrar deles, só com uma boa faxina no rosto, recuperando o brilho e a viscosidade.

Mas nem todo mundo precisa se submeter a essa varredura completa. "Muitos tipos de pele conseguem se limpar naturalmente. A exceção normalmente fica por conta da pele oleosa que, em geral, não se satisfaz apenas com tônicos e sabonetes", explica Mônica Fiszbaum, da Sociedade Brasileira de Dermatologia. 

A freqüência da operação limpeza também depende dos tipos de pele.

Quem tem espinhas, precisa do tratamento uma vez por mês. Se sua pele é muito oleosa, a visita pode ser trimestral desde que os cuidados domésticos façam parte do seu dia-a-dia. Peles normais pedem limpezas com o mesmo intervalo ou até com um espaço maior. Para isso, basta manter em casa um kit com alguns produtos que ajudem a manter a aparência higienizada: um bom tônico, loção demaquilante (no caso das mulheres), creme ou gel de hidratação e, para os mais empenhados, alguma fórmula esfoliante.
cuidados com o rosto - foto: getty images
Na clínica ou em casa, atenção
Em casa, a remoção das impurezas faciais exige cuidados redobrados. Uma apertadinha a mais pode até provocar cicatrizes no rosto. "Recomendo espremer apenas lesões superficiais, fáceis de se retirar" , aconselha Mônica.

O ideal é lavar o rosto embaixo de água bem quente, de preferência no chuveiro, para o vapor ajudar a abrir os poros. Depois, molhe um algodão com água aquecida e deixe repousar por um tempo sobre o cravo ou a espinha. Aperte com os dedos ao redor dos pontinhos fazendo pressão para baixo. Se estiver difícil para sair, não insista.

Já na esteticista, a limpeza de pele dura entre 50 e 60 minutos e pode ter até oito passos. Confira a seguir o que acontece em cada um deles. 

1. Higienização
É a primeira fase da limpeza, feita com loções e demaquilantes para retirar impurezas superficiais ou maquiagem. São usados produtos na forma de musse, emulsão, creme ou gel. 

2. Esfoliação 
Realizada com cosméticos cheios de grânulos, remove as células mortas e afina a parte mais superficial da pele 

3. Desincrustação 
Alguns dermatologistas fazem uma máscara para amolecer a camada superficial da pele e favorecer a retirada de cravos, espinhas e miliuns. 

4. Vapor 
O rosto fica sob vapores de ozônio para abrir os poros. O gás também tem efeito bactericida e ajuda a preparar a região para as extrações.

5. Extração
É a caça ao inimigo. Pode ser feita manualmente ou com um aparelho de sucção, sem a necessidade de espremer com as mãos. Os cravos brancos e miliuns são retirados com uma microagulha esterilizada, por serem mais profundos.

6. Máscara calmante 
Por 10 minutos, o rosto recebe uma máscara que irá recuperá-lo de tantas apertadinhas. Existem produtos específicos pada tipo de pele, hidratando ou controlando a oleosidade.

7. Aparelho de LED 
Esse estágio só aparece em procedimentosmais agressivos. O aparelho tem propriedades cicatrizante e antiinflamatória, deixando o rosto bem menos marcado e sem a vermelhidão característica de uma limpeza mais rigorosa. 

8. Máscara final 
Feita à base de cremes ou, nas peles oleosas, com gel. Há muitas variações, escolhidas de acordo com a necessidade da pele após o tratamento. Há a hidratante, a clareadora demanchas ou sardas, a calmante, a purificante e a que oxigena boa para peles sem vitalidade. "O paciente vai para casa com a máscara e deve permanecer com ela durante três horas. Depois disso, é só lavar o rosto com água" , explica a dermatologista.
Antes de entrar na faxina
A dermatologista Mônica Fiszbaum conta que algumas dúvidas já se tornaram cativas no consultório e continuam em pauta entre homens e mulheres que procuram orientação profissional antes de entregar o rosto para ser renovado. A seguir, ela responde todas elas para você. 

Todo mundo deve fazer limpeza de pele?
sim. você sempre deve incluir a limpeza na rotina.
Posso fazer limpeza quado estiver bronzeada?
Não é recomendado. Após a exposição prolongada ao sol, a melanina (substância responsável pelo escurecimento da pele) está em plena atividade. Portanto, o contato com alguma substância mais agressiva pode provocar o aparecimento de manchas que vão ficar ainda mais evidentes quando o bronzeado sumir. 
Depois de fazer a limpeza, é permitido tomar sol? 
Nem pense nisso. Saindo da clínica, fique 48 horas sem se expor ao sol. Além disso, aplique filtro solar com fator 15, no mínimo. Cosméticos que tenham ácidos na composição também estão proibidos nesse período a pele está sensível demais e eles prodem causar manchas. A mesma recomendação vale para o cremes oleosos, que podem entupir os poros. 
máscara para o rosto - foto: getty images
Grávidas podem fazer limpeza de pele?
A não ser que a futura mamãe já tenha o hábito incluído no cotidiano, melhor evitar. Mas explicação para isso tem fundo emocional: os médicos preferem proteger a paciente de qualquer tratamento que possa causar dores ouestresse. 

Cravos: é possível prevenir!
Evitar os pontinhos pretos que insistem em marcar seu rosto é praticamente impossível, afinal não dá para frear a oleosidade natural da pele e, menos ainda, encapar o rosto e protegê-lo da poluição os dois fatores que desencadeiam o surgimentos dos cravos. 

Mas não é por isso que você precisa passar o tempo todo com o rosto pintado. Alguns cuidados caseiros são suficientes para remover os pontos ainda que, a longo prazo, não substituam uma limpeza de pele.

Tônicos e produtos adstringentes oferecem ótimos resultados, assim como sabonetes de ação profunda. Só tome cuidado para não usar produtos inadequados para o seu tipo de pele. Eles podem ressecar demais o rosto, levando o organismo a produzir ainda mais sebo e, conseqüentemente, favorecendo o aparecimento dos cravos e até de espinhas. No caso das mulheres, dormir maquiada também é fatal: os cosméticos entopem os poros, e o rosto rapidamente enche-se de pontos pretos.

Lavar bem as mãos previne até espinhas

O hábito é tão simples, que muita gente nem dá atenção. Em português claro: as pessoas esquecem mesmo e acabam suscetíveis a uma série de doenças, como diarréia e furúnculos, por um descuido que beira a bobagem. "Lavar as mãos é muito importante, tanto quanto se alimentar", afirma a infectologista Thaís Guimarães, coordenadora de divulgação da Sociedade Brasileira de Infectologia.

Além de gostoso (tem sensação mais agradável do que eliminar o grude entre os dedos com um bom jato de água?), o esfrega-esfrega protege seu corpo contra uma série de bactérias, desde aquelas que buscam abrigo na camada de gordura que se forma sobre a pele até as outras que vêm parar em você por acidente como no contato com alguém doente.

Numa entrevista bem didática, a médica da SBI apresenta para você a maneira correta de higienizar as mãos, fala por que o sabonete líquido é muito melhor e oferece alternativas para as situações em que faltar uma pia por perto.

A hora certa
Há três situações em que você jamais pode deixar de lavar as mãos: após ir ao banheiro, antes e depois de comer e após assoar o nariz. "Isso livra seu corpo dos coliformes fecais, que podem causar diarréia e dos microorganismos que saem com a limpeza do nariz", afirma a infectologista. Antes das refeições, é importante lavar as mãos para que as bactérias não sejam levas à boca. Já ao término, o hábito evita que os germes formem morada na sua pele.

Sabonete líquido por precaução
O sabonete em barra, ao formar rachaduras, pode abrigar muitas bactérias. A própria água da saboneteira, somada aos restos que se dissolveram, também é criadouro para os microorganismos. Por isso, prefira a versão líquida (a não ser que você esteja em casa e tenha uma barra de uso exclusivo).

Dispense a toalha de panoLavar bem as mãos e enxugá-las num tecido que já foi usado dezenas de vezes, por pessoas diferentes, é pior do que ficar sem se lavar. A toalha de pano, mantida úmida e num ambiente sem sol, é abrigo certo par os microorganismos. Tenha sua própria toalha ou só use papel descartável para enxugar suas mãos.

O melhor sabonete é aquele que faz espuma
A não ser que você esteja pensando em hidratação e outros benefícios, além da limpeza, pode usar qualquer sabonete que faça espuma para lavar as mãos, sem medo de errar. A higiene, como explica a médica da SBI, é resultado da sua ação de esfregar as palmas, o dorso e a região entre os dedos. Com a ajuda da espuma, o sabão retira a camada de oleosidade superficial da pele, onde se acumulam as bactérias.

Raspando embaixo das unhasA área precisa de atenção. Mas não porque concentra bactérias especiais, mais nocivas. O problema está na quantidade de microorganismos que fazem morada nesses cantinhos: o número é muito maior em relação àqueles que vivem sobre a pele.

Gel de limpeza na emergência
D mesma forma que a água e o sabão, o álcool gel deixa suas mãos limpinhas (sem a necessidade de secá-las, porque o álcool evapora). O único desconforto é que, após dois ou três usos, as mãos começam a ficar pegajosas, por isso só conte com o produto em casos de emergência.

Prevenindo a acneNas pessoas com predisposição genética, a acne também é causada por bactérias que se depositam sobre a pele. Se este é o seu caso, e você deixa de lavar as mãos, as chances de que estas bactérias comecem a pipocar sua pele com espinhas são enormes.

Sabonete não espanta bactériaPor melhor que seja o sabonete da sua casa, o papel dele é somente fazer espuma e retirar a camada superficial de oleosidade (onde pode haver bactérias). Não adianta ficar com dó de enxaguar as mãos, mantendo um restinho do produto. As bactérias não correm com o cheiro dele e você ainda fica com a pele ressecada, cheirando à sujeira.

Acne? Reverta os estragos provocados pelo chocolate

Você consegue passar pela Páscoa e resistir aos ovos de chocolate? Para muita gente, resistir é tão difícil quanto comer pouco nesta época do ano. E os exageros podem causar transtornos à sua pele, principalmente se ela vai de mista a oleosa. 

A acne é um dos problemas associados à ingestão do chocolate, embora, segundo a dermatologista Suzy Rabello, não exista nenhum estudo científico que comprove esta relação. 

"A pessoa ansiosa tende a comer mais doces e, se ela está estressada, a situação piora ainda mais. Tudo isso pode causar cravos e espinhas. A acne está ligada à função hormonal, às bactérias, ao mau funcionamento da pele, as glândulas sebáceas, aos ovários policísticos, entre outros fatores", explica Suzy. Se é um problema que persiste, a melhor solução é buscar um especialista que indicará um tratamento direcionado. 
Fotos: Getty Images
As espinhas não são exclusividade da adolescência. Elas podem aparecer na fase adulta e até permanecer por um longo período. Mas, para quem já tem tendência para o problema, uma etapa que não pode ficar de fora é a limpeza da pele. Porém, se um sabonete indicado para pele oleosa não resolver a situação, é preciso avançar para outras técnicas. 

Nos consultórios 
Uma opção de tratamento já consagrado nos consultórios de dermatologistas é com o medicamento conhecido como Roacutan (também há versões de genéricos), à base de isotretinoína (ácido). Ele é indicado, em geral, nos casos mais graves de acne. 

"A substância derivada da vitamina A é capaz de curar em até 70% a acne", explica Suzy Rabello. A isotretinoína consiste na redução do tamanho da glândula sebácea e redução da secreção oleosa. O tratamento com ela dura aproximadamente de seis a oito meses. 

O medicamento, que custa entre R$30 e R$90, também consegue eliminar as condições que propiciam o desenvolvimento de bactérias e a inflamação. 
"As espinhas não são exclusividade da adolescência. Elas podem aparecer na fase adulta e até permanecer por um longo período".
Em forma de comprimidos, o medicamento só pode ser vendido sob prescrição médica. Mas apesar da sua eficácia, quem faz o tratamento com isotretinoína precisa de cuidados extras e seguir a risca as recomendações médicas. Isso por que há uma gama de contra-indicações e efeitos colaterais, como depressão e ansiedade, que variam de pessoa para pessoa. 

O mais grave é a teratogenia, geração de defeitos permanentes no feto. Por isso, o uso de isotretinoína é proibido em gestantes e é imprescindível que as mulheres realizem teste de gravidez antes de iniciar o tratamento. 

Recomenda-se que as mulheres que têm vida sexual ativa usem dois métodos anticoncepcionais concomitantes durante o tratamento e por pelo menos dois meses após o final do tratamento. E, misturar o medicamento com bebidas alcoólicas está fora de cogitação. 
Fotos: Getty Images

 
Em casa 
A dermatologista Suzy Rabello explica que não se deve espremer a espinha. É melhor deixar secar do que ganhar uma cicatriz na pele. Existem produtos secantes, vendidos nas farmácias, que amenizam o inchaço e aceleram o amadurecimento da espinha. 

"Se a acne persistir ou aumentar muito de tamanho, procure um especialista para retirá-la. Para prevenir o aparecimento, use cremes adequados para o seu tipo de pele", diz Suzy. A dermatologista Valéria Campos recomenda manter a pele sempre muito limpa com água e um sabonete neutro. 

"Os produtos livres de óleo (oil free) podem ser usados durante o dia, mas antes de dormir é importante retirar todo o produto", explica. 

Tire o melhor proveito do seu hidratante

Acertar na escolha do hidratante não é uma tarefa tão simples assim. O cheiro, a qualidade e a textura são os itens mais analisados pelas mulheres. Mas e a composição? Você já reparou na base do seu creme? E os mitos que envolvem a aplicação do produto?

Potencialize os resultadosVocê já deve ter ouvido falar, por exemplo, que quando o creme é muito perfumado dá para desconfiar da sua efetividade, não é mesmo? Mas, de acordo com a esteticista, hoje em dia, já é possível unir uma boa hidratação, com um cheiro bom. Hoje, as associações de princípios ativos de boa qualidade com essências já não é tão complicada. Diversas marcas conseguem unir essas duas qualidades , explica à especialista 

No entanto, se você engrossa a ala das mulheres que aproveita para passar a loção para o corpo na face, é melhor tomar cuidado. "A pele do rosto é muito mais sensível que a do corpo, e existem diversos produtos específicos para essa área. Essa atitude, além de aumentar as chances de alergia, não garante o resultado esperado", explica.

Outra dica da esteticista Nilza Bittencourt é esperar alguns minutos para se vestir, depois que passamos o hidratante  no corpo. "Para não correr o risco de retirar o produto com a roupa, o ideal é que a mulher espere uns cinco minutos para garantir a absorção do produto", diz.

Segredinhos dos rótulos 
E já que conhecer a composição é um aspecto superimportante do ritual, a esteticista separou os quatro melhores princípios ativos que garante um corpo hidratado de verdade. "Podemos separar a base de formulação de produtos em quatro itens principais, esses aditivos são essenciais para garantir uma hidratação completa", ressalta. 
Hidratante
Confira as dicas dos compostos que não podem faltar no seu creme hidratante

D.S.H. CN®:
 o aditivo é uma junção do silício orgânico com ácido hialurônico. Eles ajudam a preservar a elasticidade, além de ser altamente reestruturante. Com esse principio ativo, a hidratação é imediata e duradoura.

G.P.S Threalose: este ativo colabora para a sobrevivência das células e combate adesidratação em situações como: variações climáticas bruscas (frio ou calor intensos), baixa umidade relativa, desidratação extrema e estresse oxidativo

Aquaporine: realiza a chamada "hidratação inteligente", pois melhora a circulação de água entre as células, reforça a reserva natural de água na epiderme, restaura e proporciona maciez e elasticidade à pele e confere suavidade ao toque. Além de estimular a renovação celular. 

Laminactine : presente nesse composto, a perilla é uma planta bastante utilizada na medicina tradicional chinesa. Ela é rica em ômega-3 e fito-componentes que estimulam a síntese de colágeno. Ela também melhora a absorção e penetração dos ativos, além de proporcionar ação anti-irritante e calmante para pele.

Nove erros de maquiagem que abalam a sua imagem

As mulheres usam maquiagem por inúmeros motivos: ficar mais bonita, melhorar a autoestima, impressionar ou simplesmente por que gostam. Mas nem sempre causam o melhor impacto aos olhos do amado ou de um pretendente. Na ânsia de parecer perfeita, muitas erram feio, destruindo o make - e o encontro! Reunimos os nove erros mais cometidos por elas e conversamos com o maquiador Alexandre Krisek, que nos deu dicas de como evitar esses transtornos! 

1º: Olhos "anos 80"
Maquiagem dos olhos bem exagerada, com uma sombra bem marcada de cores vibrantes e quase até a sobrancelha te faz lembrar dos anos 80? Pois bem, melhor guardar o seu estojinho de sombras coloridíssimas para outra ocasião mais festiva.  
Sombra anos 80 - Foto Getty Images
O maquiador Alexandre Krizek afirma que nada melhor do que denotar modernidade e sofisticação. "Por isso cuide para que sua maquiagem fique bem esfumada, sem manchas ou marcas", diz.

A escolha da cor da sombra depende muito do feito que você quer dar a seus olhos. Quem tem olhos muito pequenos e quer aumentá-los deve escolher uma cor clara para o côncavo e escura para fora. 

Se, ao contrário, você quer deixar seus olhos menores, use os tons de marrom, que fica bem suave. Em uma produção para noite, pode se fazer bem preto, sempre passando o lápis dentro do olho. 

Para olhos muito juntos, a dica é passar um tom clarinho na parte interior da pálpebra e esfumar a parte de fora com um tom mais escuro. Para olhos separados, opte por uma sombra de tonalidade escura em toda pálpebra.  
lábios grudentos - Foto Getty Images
2º: Base de cor diferente 
Rosto com uma camada muito espessa de base, o chamado reboco, ou a diferença da cor entre o rosto e o pescoço, a chamada máscara, é para assustar mesmo. Super bronzeada ou pálida igual fantasma, não importa a impressão ruim, a cobertura da pele deve estar o mais natural possível. 

Mas Krizek dá a dica e diz que para não errar na escolha da cor da base, faça um teste aplicando uma pequena quantidade do produto na maçã do rosto. "Se ficar invisível, aposte no tom escolhido". Outra dica é o tipo da base: opte pela versão oil-free, livre de óleo, para evitar a aparência de pele oleosa. 

3º: Lábios grudentos 
Nem o moço mais apaixonado do mundo é capaz de relevar uma boca melecada. O glossfoi feito para dar brilho, apenas, não para ficar escorrendo e grudando. Krizek conta que o melhor é optar por um produto fino e leve, aplicado em pouca quantidade. 
Blush Palhaço - Foto Getty Images
4º: Dente sujo de batom
Ainda mais quando o batom é de uma cor forte, como vermelho, vinho ou marrom, por exemplo. O truque é redobrar a atenção e sempre, sempre conferir no espelho quando for passar o batom. "Vale a pena também 'limpar' os dentes com um lenço de papel ou com os dedos limpos", afirma Alexandre. 

5º: Blush estilo "palhaço"
O blush serve para conferir uma aparência mais saudável e iluminada. Mas é importante aplicar do jeito certo. Fazer o estilo palhacinha, com dois círculos marcados nas bochechas, vai detonar o visual. 

Para evitar esse transtorno, Krizek conta que o ideal é esfumar bem o produto com auxílio de um pincel específico para essa finalidade. Faça movimentos ascendentes indo das maçãs do rosto em direção as têmporas. "Cuide para não deixar muito escuro ou manchado. Se quiser um look com cara de praia, troque o blush por um pó de efeito bronzeador", diz Krizek. 
Rímel - Foto Getty Images
6º: "Cara de reboco"
Exagerar na base, corretivo e pó é um erro comum. Na ânsia de corrigir todas as possíveis imperfeições, muitas mulheres acabam exagerando nesses produtos. O resultado é uma pele empelotada, com cara de massa corrida mesmo. 

Krizek explica que a base líquida é a mais leve e não deixa o rosto com um aspecto pesado. "Aplique o pó compacto com pincel para não deixar a maquiagem espessa e nem carregada", diz.

7º: Exagerar no rímel 
Vale a pena aplicar várias camadas de máscara para cílios para dar mais impacto ao visual, desde que você tome cuidado para que não fique com a cara de Emília. Os cílios grudados uns nos outros fazem voe perder toda a força do olhar.

Cílios cheios de bolinha do rímel também afasta de perto qualquer pretendente. Fora que você ainda corre o risco de sofrer com as pálpebras borradas no fim do encontro, no maior estilo panda. O maquiador explica que, se o que você quer é um cílio longo e bem definido, prefira sempre uma máscara alongadora, que deixará o efeito desejado e usando uma quantidade menor do produto. 
Batom - Foto Getty Images
8º: Super lábios 
Muitas mulheres querem aparentar ter a boca maior e acabam usando lápis labial fora do contorno dos lábios, ou mesmo desenhando "lábios novos" com batom. A chance de isso dar muito errado é gigante e todo mundo percebe que você "borrou" a produção. 

Para parecer que tem lábios maiores, experimente usar o lápis labial no contorno dos lábios, não fora deles. E cuide para o lápis ser do mesmo tom do seu batom. Passar um pouco de gloss no centro da boca para dar volume também ajuda. Outra alternativa são os produtos com efeito pump, que tem essa função. 

9º: Sobrancelhas 
Alexandre Krizek explica que sobrancelhas arredondadas denotam muita descontração e alegria, por isso alguns homens podem não levar a mulher muito a sério. Já as sobrancelhas caídas aparentam uma expressão mais triste. E você precisa estar radiante no seu encontro, não? 
Sobrancelhas mais escuras que o cabelo também ficam estranhas e carregam o visual. Até envelhece. Afinal, não dá pra ser loira e ter a sobrancelha preta. 

Se você descolore os cabelos aproveite para descolorir um pouco a sobrancelha também, para não ficar tão destoante. 

Opte sempre por sobrancelhas bem depiladas e simétricas. "O formato que está na moda são as arqueadas! Se tiver alguma falha, corrija-a com um lápis para sobrancelhas da mesma cor dos pelos", diz o maquiador. 

segunda-feira, 25 de abril de 2011

clinica Renata Fontany na Revista Viver Brasil

Symone Andrea Porto

Dermatologista

No inverno, nada como os banhos demorados e quentinhos que ressecam e acentuam as linhas de expressão. Também se toma menos líquidos, o que compromete a hidratação. “É uma ótima época para procedimentos dermatológicos, pois se pode praticamente trocar de pele”, afirma a dermatologista. Para tratamentos bem personalizados, ela sugere os cremes manipulados, fórmulas secativas e de ativos especificamente escolhidos.
“Estes cremes, à base de ácidos, devem ser passados à noite e retirados de manhã. O protetor solar, mesmo no inverno, é indispensável.”

segunda-feira, 18 de abril de 2011

Tratamentos estéticos com chocolate

Clínicas e salões de beleza oferecem tratamentos que usam o chocolate, famoso inimigo da dieta, como um aliado da estética. Em São Paulo, Spas como o Cattel e o Renaissance têm procedimentos com o ingrediente que ajudam a reduzir medidas, como esfoliação, massagem e aplicação de creme com textura de musse de chocolate, potencializado com um lençol térmico. No Spa de chocolate na Clínica Arthys, no Rio de Janeiro, o banho de hidromassagem mais parece uma sobremesa: com cacau, leite em pó e óleo de amêndoas.

“O ativo utilizado é o pó extraído da amêndoa do fruto cacau, rico em flavonóides e que constitui um potente antioxidante, combatendo os radicais livres e favorecendo a hidratação”, explica a dermatologista Roseli Andrade. Segundo ela, tratamentos com loção tônica, máscaras faciais e corporais, massagens e banhos de imersão previnem o envelhecimento e trazem brilho para pele e cabelos.

De acordo com Adriana Fanaro Oliveira, especialista em nutrição clínica e professora técnica de estética, ingredientes como o chocolate agem nas moléculas que participam do processo inflamatório, revertendo o fluxo de LDL (o “colesterol ruim”), além de proteger o corpo dos radicais livres. “Vale ressaltar que o resultado depende de quais cremes e tratamentos o profissional aplicará”, aponta.

Foto: Amana Salles/Fotoarena
A máscara facial do Spa Cattel é hidratante e tem textura de musse de chocolate
O Manuia Spa realiza procedimentos focados nos pés e mãos com esfoliação, reflexologia e hidratação de parafina com chocolate. Oferece também máscara corporal com fondue de chocolate, mel, aveia e outros ingredientes naturais.

Vale tratar outras áreas do corpo
Para quem deseja tratar a face com chocolate, a Vitalle promete bons resultados com o procedimento de esfoliação ou peeling de cristal, que remove as células mortas, hidratação com cacau e peeling químico. Segundo a médica esteticista da clínica, Juliana Moraes, o chocolate nutre, deixa a pele macia e evita o envelhecimento por conta da composição de cálcio, magnésio, sais minerais, ferro, fósforo, proteínas, gorduras e vitaminas.

Foto: Amana Salles/Fotoarena Ampliar
Banho no ofurô ou hidromassagem ajuda a retirar os produtos de chocolate do corpo e relaxar
“A aplicação do alimento na pele, principalmente do rosto, resgata o frescor, permite uma excelente renovação das células, combate marcas da idade e evita a formação de rugas”, diz. Já o lifting de chocolate na clínica Bella Linea também inclui limpeza de pele e microcorrentes, que ajudam na drenagem facial e tonificam a musculatura, melhorando a flacidez do rosto e atenuando marcas de expressão ou acne.

Mas o chocolate não é usado somente para tratar. No Olímpia Spa, o bronzeamento a jato tem essência de chocolate e deixa a pele morena por até 14 dias. Para os cabelos, o chocolate aparece em produtos para recuperação dos fios. No salão Tez Esthétique et Coiffeur, em São Paulo, há o tratamento para cabelos danificados “White Choco”. Após a lavagem é aplicado um creme, ativado por uma luz azul.

Segundo Roseli, tratamentos de chocolate são mais indicados para quem tem peles e cabelos desvitalizados e ressecados e, em outros casos, podem aumentar a oleosidade. Ela indica uma máscara caseira que pode ser feita semanalmente para hidratar e recuperar o brilho da pele: duas colheres de pó de cacau, um copo de iogurte natural e duas colheres de chá de mel. A mistura deve ficar de 15 a 20 minutos na pele e ser enxaguada com água fria.

sexta-feira, 15 de abril de 2011

Promoção Bronzeamento a jato

Chegar à praia com a pele com cor de escritório faz vergonha. Mas, atenta aos riscos dos raios emitidos pelas camas de bronzeamento artificial, muita gente prefere estender a canga e se conformar com uma semana de tiração de sarro pela brancura. Um vexame desnecessário, hoje em dia. O bronzeamento a jato pigmenta a superfície da pele, dando a impressão de uma cor mais morena , explica a esteticista Estela Cardoso, especialista em descobrir novos tratamentos de beleza e trazê-los ao Brasil.A pele é realmente tingida. Usamos um pigmento extraído do açúcar e da beterraba. Trata-se do DHA (dehidroxicetona) , explica Estela. Ele não contém agentes químicos agressivos e, dificilmente, provoca algum tipo de alergia, de acordo com a especialista.

Mas tente fazer o tratamento num final de semana, porque a tinta leva cerca de oito horas para secar completamente. Também é indicado usar roupas mais soltinhas enquanto o produto não adere à sua pele (a mesma dica vale para o calçado, prefira uma sandália aberta, que deixe os pés à vontade).

O tom mais dourado costuma durar cerca de duas semanas. A partir daí, o bronzeado já começa a desbotar, e não ache que isso acontece porque os produtos usados eram de má qualidade ou porque a esteticista não conhecia direito a técnica. A superfície da pele se renova constantemente, por isso é importante retirar as células mortas antes de espirrar os jatos. Assim, o bronzeado tende a ser mais prolongado , sugere Denise.

Para isso, uma boa esfoliação é a pedida. A especialista ensina que o ideal é remover as células mortas duas vezes: uma semana antes de receber o jato e no dia da aplicação, pouco antes dela. A esteticista vai esfoliar e hidratar a pele, deixando-a preparada para ser bronzeada. Isso ainda vai evitar as manchas, que surgem quando uma parte do corpo acumula mais células mortas do que outra , alerta.

Saindo da clínica, você pode tomar sol sem medo. Desde, é claro, que passe filtro solar. A camada de dehidroxicetona não protege você contra os raios ultravioletas. Ou seja, dá para se bronzear normalmente, enquanto a cobertura desbota. Quando ela finalmente for embora, você não terá do que sentir vergonha. Ao contrário, vai é querer exibir a marquinha de sol.

Gomagem esfolia e hidrata na mesma sessão A gomagem é uma boa alternativa para quem pretende fazer sessões de bronzeamento a jato. O tratamento é uma espécie de peeling natural, que retira as células mortas e deixa a pele pronta para um bronzeado mais uniforme , explica Ingrid Peres, fisioterapeuta da rede de clínicas Onodera. Como a gomagem facilita a hidratação e a absorção de cremes, ela também é ideal para quem exagerou na exposição ao sol. Além de evitar o efeito desagradável da pele descascada, garante uma renovação quase imediata da pele .

Cremes auto-bronzeadores Diferentes do bronzeado a jato, que pinta a pele, os cremes chamados de auto-bronzeadores ajudam que a morenice aconteça naturalmente. Essas loções contam com substâncias que estimulam o trabalho dos melanócitos (células responsáveis pelo efeito bronzeado) , explica Estela. O ingrediente mais comum nesse tipo de fórmula atende pelo nome de tirosina: trata-se de um aminoácido que responde aos raios solares escurecendo a pele num ritmo mais acelerado. Além de bronzear, eles hidratam a pele. Só tome cuidado ao passar o creme em regiões como a palma das mãos ou a região entre os dedos (que ficam esquisitas com o tom dourado). O ideal é usar luvas, como aquelas que acompanham as colorações de cabelo, ou lavar as mãos assim que terminar de espalhar o produto. E, ao tomar sol, também não dispense o filtro solar com fator de proteção 15, no mínimo.
Aproveite a Promoção de R$100 por R$70!!!
Marque seu horário,estou esperando por você!
Renata Fontany
Tel:31 34845394-85245318
http://www.clinicarenatafontany.com.br/
você quer ficar por dentro de todas as novidades em estética?É só seguir o blog clinicarenatafontany.blogspot.com

Massagem com Pedras Quentes

Origem

Foram encontrados registros da utilização das pedras quentes em diversas culturas distintas e as bases dessa prática combina conhecimentos milenares de Cristalterapia, Geoterapia, Termoterapia e Massoterapia. Atualmente não existe bibliografia que trate da combinação de todas essas terapias, mas seus benefícios são amplamente comprovados por seus praticantes.

Histórico

No livro amarelo escrito há mais de três mil anos por um Imperador Chinês, encontramos registro da utilização das pedras quentes para curar diversas doenças. Também há cerca de dois mil anos era muito utilizada pelos monges Tibetanos, principalmente no período de jejum (as pedras colocadas sobre o estômago e abdômen proporcionam uma sensação de saciedade, diminuindo a fome e energizando o organismo). Há também registros encontrados nas culturas indígenas, que utilizavam as pedras quentes em suas curas.

Conceito

Em termos técnicos podemos dizer que é a aplicação da Termoterapia, onde as pedras são consideradas um veículo para as temperaturas quente e frio, aplicadas em alternância ou ao mesmo tempo no corpo. Consideramos também que as manobras de massagem utilizadas na terapia e os diferentes cristais com variações cromáticas, são fatores coadjuvantes no tratamento.

Formas de Atuação

A Massagem com Pedras Quentes permite ao terapeuta trabalhar mais profundo no interagente com menor pressão por parte do terapeuta. As temperaturas extremas quente e/ou frio e a energia dos cristais ajudarão a relaxar o interagente e melhorar seu estado de saúde.
Essa prática promove os efeitos da termoterapia no maior órgão do corpo humano que é a pele, mas é importante lembrar que o tratamento é de natureza profunda e penetrante. Atua também sobre os músculos, tendões, ligamentos e órgãos internos de uma maneira particular, nos permitindo realizar massagens profundas, sem as possíveis dores das massagens profundas convencionais.
Nessa massagem a temperatura precisa ser adaptada ao interagente caso a caso, e as pedras que vão deslizando sobre os músculos liberam calor que relaxa ou o frio que estimula, despertando a energia vital interior. Esta ginástica vascular do sistema circulatório ajuda o organismo a recompor-se e as pedras provocam alternadamente respostas sedativas e energizadoras do corpo.
Ao usar as duas temperaturas extremas ao mesmo tempo, aumenta-se o fluxo sanguíneo, linfático e de outros fluídos corpóreos, de maneira mais intensa do que se estivéssemos utilizando uma temperatura separadamente.
O poder das pedras sobre os receptores dos sentidos faz com que ocorra uma comunicação intercelular e reorganiza a conexão corpo e mente, interno e externo. Gera assim uma positiva influência no comando da saúde geral do organismo e seu padrão energético. Dessa forma caminhamos na direção da harmonia do corpo como um todo e de nossas necessidades espirituais evolutivas.

Principais indicações:

  • Torções;
  • Luxações;
  • Bursite aguda;
  • Tensão crônica;
  • Inflamação aguda;
  • Dor de dente;
  • Dor de cabeça;
  • Febre;
  • Congestão cerebral;
  • Inflamação do intestino;
  • Prisão de ventre;
  • Hematomas;
  • Músculos atrofiados;
  • Veias varicosas ulceradas;
  • Cólica menstrual;
  • Auxilia à perda de peso;
  • Redução do estresse físico emocional e mental;
  • Contribui para eliminação de toxinas; 
  • Ativa a energia vital diminuindo o cansaço;
  • Constipação;
  • Dores musculares ou articulares;
  • Promove relaxamento;
  • Ajuda diminuir estados depressivos;
  • Auxilia em casos de insonia.

quarta-feira, 13 de abril de 2011

Saiba quando começar a usar cremes anti-idade

Saiba quando começar a usar cremes anti-idade - Foto: Getty ImagesMuitas mulheres se perguntam qual a hora certa de começar um tratamento contra rugas, mas só mesmo o seu médico poderá dizer. Isso vai depender muito do tipo e da cor de pele de cada paciente. O que se pode garantir é que o acúmulo de tempo de exposição ao sol também conta muito. As marcas de envelhecimento da pele são consequência da degradação das fibras de colágeno e elastina, num processo que acontece naturalmente com a idade. Entretanto, cerca de 85% dos casos são agravados devido à exposição exagerada ao sol, principalmente sem proteção.

Para a especialista em cosmiatria Raquel Tancsik Cordeiro, o mais importante anti-idade é o filtro solar e seu uso deve ser iniciado o quanto antes. Porém, seus efeitos só começam a ser percebidos exatamente nessa fase em que se indicaria um creme contra o envelhecimento. Quanto mais frequente e precoce for a proteção da pele, mais tarde os antirrugas serão necessários. "Normalmente, ninguém precisa de recursos anti-idade antes dos 30 anos", diz a dermatologista Ediléia Bagatin. 

Outros fatores como distúrbios hormonais, consumo excessivo de álcool, cigarro e alimentação inadequada somam mais pontos a favor do envelhecimento. "Prevenir o aparecimento de rugas nada mais é que controlar os fatores desencadeantes", simplifica Ediléia. Para uso diário, um filtro com boa proteção UVB e UVA aplicado de duas a três vezes ao dia já é suficiente. "A partir dos 30 ou 35 anos, podem ser iniciados os tratamentos considerados anti-idade, sempre com orientação dermatológica", afirma Raquel. Os cremes com este objetivo, normalmente, contém vitaminas, substâncias antioxidantes, produtos que estimulam o colágeno, hidratantes, clareadores para manchas, entre outros.

Para Ediléia, os antirrugas que realmente funcionam devem ter as seguintes substâncias na fórmula: retinol, retinladeído, ácido retinoico, ácido glicólico ou vitamina C, na forma de ácido ascórbico levógero. Entre a seleção, o destaque absoluto é para o ácido retinoico: Trata-se de um derivado da vitamina A, com inúmeras funções. "Ele ajuda no controle da proliferação das células, acelera a perda das células mortas e reverte os danos causados pelo sol ao DNA das células", explica. 
O que acontece é que muitos jovens, a partir dos 25 anos, despertam para a necessidade deste cuidado específico com a pele do rosto como forma de prevenção contra flacidez, algumas ruguinhas e manchas. As peles normais ou secas podem necessitar de tratamento mais precoce. Pessoas que tensionam muito os músculos do rosto, principalmente o orbicular, ou porque têm os olhos claros ou porque possuem problemas de visão, têm mais propensão e podem iniciar o tratamento um pouco mais cedo.

Nesta infinidade de produtos para escolher e aplicar, comece sempre pelo hidratante. Muitos já têm componentes antirrugas, manchas, olheiras e flacidez. Deixe o protetor solar sempre por último, para que a absorção não seja prejudicada por outras camadas de cosméticos. 

segunda-feira, 11 de abril de 2011

ABERTA A TEMPORADA DE PEELINGS

Da mesma forma que as pessoas correm para os consultórios médicos na chegada do verão em busca de dietas e tratamentos para perder aqueles quilinhos a mais, no inverno a procura se concentra nos peelings, pois é a época mais propícia para esse tipo de tratamento que não combina com praia nem com a exposição ao sol.

O peeling químico é um processo de esfoliação da pele para melhorar a aparência estética, gerando uma textura suave; atenuação de rugas, manchas de acne, marcas superficiais; e retardamento do processo de envelhecimento da pele, principalmente do rosto. Este atua estimulando a renovação do colágeno, que é responsável por dar melhor firmeza e sustentação da pele. Trata-se de uma solução química (ácida) que, quando aplicada na pele, provoca a sua separação, descamação e o surgimento de uma nova pele. O nome peeling vem da língua inglesa, significando descascamento. A pele envelhecida descasca dando lugar a uma pele renovada, mais fina, mais elástica e mais clara, por isso, o paciente deve tomar muito cuidado com o sol para evitar queimaduras e manchas.

Há uma grande variedade de ácidos que podem ser utilizados nos peelings químicos. A escolha é dada em função do tipo de pele, do seu grau de envelhecimento, do resultado almejado e da profundidade de penetração que se deseja atingir. Quanto à profundidade de penetração, os peelings químicos são classificados em superficiais, médios e profundos. Os sinais de melhora da pele são mais evidentes quanto mais profundos forem os peelings, porém aumentam muito os riscos e o desconforto durante o procedimento de aplicação e no pós-peeling.

Os peelings superficiais são completamente indolores. Para muitos casos, a aplicação de vários peelings superficiais realizados em pequenos intervalos de tempo (7 a 15 dias) é uma alternativa que gera ótimos resultados na pele, e com a vantagem que a descamação subsequente costuma ser fina e não chega a atrapalhar o dia a dia do paciente, podendo a pessoa voltar à sua vida normal no dia seguinte. Os peelings químicos, por serem atos médicos, só devem ser realizados por médicos treinados, uma vez que resultados negativos tais como: queimaduras, aplicação irregular e pigmentação pós-peeling podem ocorrer principalmente quando estes forem realizados por quem não está preparado a fazê-los e, consequentemente, a resolver algum problema que apareça após o peeling.
Marque seu horário,estou esperando por você!!
Renata Fontany

Spray Bronze

Fique Bronzeada sem prejudicar a saúde!
Exclusivo método de bronzeamento instantâneo que permite um bronzeado imediato, sem manchas.

- Anti-alérgico, aplicação única em 20 minutos, sem raios UVA e UVB;
- Duração de 4 a 7 dias;
- Não provoca envelhecimento precoce ou qualquer tipo de câncer de pele;
- Processo totalmente novo, sem câmara de luzes.


Spray Bronze, ao contrário dos métodos artificiais com câmaras que emitem radiação, é um método seguro, rápido e eficaz de bronzeamento, sem contra-indicações. O princípio ativo do Jet Bronze é a dihidroxiacetona, substância atóxica que reage com a queratina da pele, formando um produto de cor marrom, a melanoidina.
PROMOÇÃO:
Spray Bronze de R$100 por R$70
valida até 30de abril

sexta-feira, 8 de abril de 2011

18 dicas para ultrapassar a Páscoa sem engordar

Adoro chocolate. Os brancos são meus favoritos: a boca enche de água só ao imaginar aquela massinha doce e macia começando a derreter... Na Páscoa, as tentações estão por todos os lados. No supermercado, as prateleiras transbordam com ovos lindos e brilhantes. Aquela amiga manda e-mails, oferecendo produtos caseiros e eu aqui, suando para manter minhadieta. 

Se a tortura é parecida no seu caso, melhor respirar fundo e tentar se controlar antes que o estrago seja feito. Para evitar exageros, separei uma série de dicas que sempre me ajudam quando preciso segurar meu destempero. Espero que elas também sejam úteis quando pintar aquela mousse linda na mesa e você precisar resistir. 

Mas, se precisar de uma forcinha extra, conte comigo e com toda a equipe do Dieta & Saúde. Juntos, vamos vencer mais este desafio e alcançar o peso ideal sem deixar que nenhum tabletinho abale nossa convicção. Boa Páscoa e até a próxima.
"Controle a quantidade dos alimentos ingeridos."
Almoço de Páscoa 
1. Inicie a refeição com um prato recheado de saladas e legumes cozidos. Esses alimentos apresentam baixa quantidade calórica e são ricos em fibras que dão maior sensação de saciedade. 

2. Tempere as saladas com azeite, limão, vinagre. O azeite é rico em calorias e, por isso, tenha moderação. 

3. Para acrescentar mais sabor às saladas, utilize frutas picadas como, por exemplo, maçã, laranja e manga. 

4. Uma opção para fugir dos molhos mais calóricos para temperar a salada é utilizar ervas frescas como o manjericão, alecrim ou cebolinha. 
Fotos: Getty Images
5.Opte por carnes mais magras como o filé mignon, lagarto, peixes, aves (sem a pele). Retire a máxima quantidade de gordura visível do alimento. 

6. A bacalhoada é rica em calorias. Uma porção média apresenta 170 kcal. Assim, se for irresistível, controle a quantidade ingerida.

7. Como acompanhamento, evite as massas com molhos ricos em gorduras como quatro queijos e branco. Dê preferência para as massas com molho de tomate. 

8. Para a sobremesa, a melhor opção é as frutas . Evite doces muito elaborados como mousse, tortas e bolos. 

Entretanto, se não for preparar o almoço de Páscoa e não tiver controle sobre os alimentos e preparações que forem servidas, siga pequenas regras
9. Não repita a refeição; 

10. Controle a quantidade dos alimentos ingeridos; 

11. Opte pelas preparações menos calóricas;;
12
. Não pegue um pouco de tudo que for servido. Escolha a preparação de preferência; 

13. Na sobremesa, se houver várias opções, prefira as menos calóricas. Se frutas forem oferecidas, opte por elas. 
Fotos: Getty Images
Chocolate

É quase impossível ficar ileso a um ovo de Páscoa. Nessa hora, o controle é fundamental. Mas é possível passar sem que a alimentação corra algum risco. Abaixo, algumas dicas: 

14. Se está determinado a eliminar os quilos a mais, avise as pessoas que podem dar algum ovo de Páscoa. Diga que, nesse momento, a melhor opção é o ovo menor; 

15. Não ingira um ovo ou uma caixa de bombom em um único dia! Comer pequenas quantidades nos dias próximos da Páscoa diminuirá o risco de desistir da dieta; 

16. O chocolate diet é tão calórico quanto os tradicionais (ao leite, meio amargo). Não caia na armadilha de escolher o diet pensando que com ele o estrago será menor; 

17. Se ganhou muitos ovos ou se ele for o maior, divida-os com as pessoas. Não coloque o esforço e a determinação a perder só por causa do chocolate; 

18. Se percebeu que está exagerando, pare! Não é porque exagerou em um momento do dia que deverá exagerar (1788) o dia inteiro. 
"Se percebeu que está exagerando, pare!"
Previna-se 

Se esse período do ano é crucial para você e algum exagero é certo de ocorrer, uma semana antes, aumente um pouco a restrição calórica da alimentação. Além disso, determinar uma rotina de exercícios é importante para aumentar o gasto calórico e, assim, minimizar os prejuízos que o excesso alimentar trará. 

quinta-feira, 7 de abril de 2011

Promoção Mês de Abril

Promoção
Spray Bronze de R$100 por R$60

Massagem Pedras Quentes de R$70 por R$50

Banho de Chocolate de R$120 por R$60

Banheira de Chocolate de R$40 por R$20

Depilação a laser Light Sheer com 15% de desconto

Lançamento Mês de Abril:

Banho de Lua Victoria's Secret de R$100 por R$60

Promoção valida até 30 de abril.

Marque seu horário e aproveite a promoção!!

bjks cheias de secret!!

Renata Fontany

31 34845394-85245318

http://www.clinicarenatafontany.com.br/

Rinite: previna as crises e evite complicações

A rinite alérgica não escolhe estação para se manifestar. No verão ou no inverno, quando o clima está seco e as oscilações de temperatura são uma constante, o sistema imunológico fica mais exposto às crises da doença. O médico otorrinolaringologista Marcelo Alfredo, do Hospital e Maternidade Beneficência Portuguesa, faz alguns alertas e dá dicas e orientações, além de ressaltar que alergia não representa falta de defesa do organismo. 

A rinite alérgica é uma inflamação na mucosa nasal, atinge cerca de 30% da população e pode ser causada por vírus ou bactérias, e ainda ser alérgica ou não-alérgica. A rinite produz um excesso de muco gerado pelo acúmulo de histamina defesa produzida pelo corpo, que aumenta a circulação do sangue e as células de defesa, fazendo com que as substâncias estranhas sejam eliminadas. 
pólen- foto Getty Images
Segundo o especialista, a obstrução nasal, os espirros e a coriza protegem o organismo dos vírus. "Alergia não significa falta de defesa e sim uma defesa exagerada. O sistema imunológico da pessoa alérgica consegue interpretar quando uma substância é tóxica e protege o organismo de sua entrada", esclarece Alfredo. 

A alergia é hereditária. Se um casal de alérgicos tem um filho, a chance da criança ser alérgica é de aproximadamente 60%. O indivíduo também pode ser alérgico, mesmo que o pai ou a mãe não apresente alergia. 

A poeira, os polens das flores e alguns alimentos podem desencadear as crises alérgicas. A mais comum é a relacionada ao ácaro, inseto de oito patas da família dos aracnídeos, que se alimenta da descamação da pele. Os locais preferidos dos ácarossão ambientes quentes, úmidos e sem luz, colchões, tapetes, cortinas e móveis estofados, pois existe muita descamação de pele.  
rinite - foto Getty Images
Como na região Sudeste, não há uma definição das estações do ano, a rinite alérgica que predomina é a causada por ácaros, fazendo com que os indivíduos tenham os sintomas durante o ano inteiro. Já na região Sul, na época da primavera, onde há a polinização das flores, é mais comum a rinite alérgica da estação. 

Esforço para respirar 

Os sintomas mais comuns da rinite alérgicasão a obstrução nasal, olfato ruim, dores de cabeça, coceira no nariz, garganta, céu da boca e olhos, além de espirros em sucessão e coriza. A rinite alérgica pode causar otites, sinusites, faringites, amigdalites e roncos, além de desalinhamento dos dentes. Muitas vezes pode vir acompanhada da asma, já que a asma é causada pela exposição a fatores alérgicos, causando inflamações na mucosa respiratória. 

O diagnóstico correto e acompanhamento médico são importantes, uma vez que o profissional verificará a presença de problemas dentro do nariz, como o desvio de septo, que pioram os sintomas da rinite. Normalmente o tratamento é dividido em três fases, a higiene ambiental, tratamento com medicamentos antialérgicos, descongestionantes e vacinas antialérgicas, em alguns casos é necessária cirurgia. 

Aos pacientes que já fazem uso das medicações preventivas, a recomendação é manter, mesmo que estejam bem, e consultar seu médico regularmente.  
rinite - foto Getty Images
Previna-se e evite complicações 

O paciente deve evitar locais fechados, não fumar, e evitar cheiros fortes, ficar longe de mofo e dos agentes que desencadeiam a crise. Para prevenir, a pediatra especializada em alergia, Elza Sumie Yamada, ensina que devemos manter nossas casas bem arejadas e ventiladas, limpar a casa diariamente com pano úmido, evitar acúmulo de objetos dificultem a limpeza, lavar as roupas guardadas antes de usá-las, manter uma alimentação saudável e tomar vacina contra gripe. 

Outra dica e cuidar muito bem do quarto do alérgico, já que ele passa cerca de oito horas dormindo, além de ser o ambiente mais contaminado por ácaros. O ideal é que o colchão e travesseiro sejam forrados, os edredons e bichos de pelúcia devem ser lavados a cada 10 dias, as roupas de lã devem ficar em sacos plásticos fechados e animais de estimação jamais devem entrar nos quartos. "A rinite alérgica não tem cura, mas existem tratamentos que aliviam os sintomas desde que seja tratado corretamente o paciente pode viver sem eles", finaliza o especialista. 
suco de laranja - foto Getty Images
Suco de laranja previne crises 

Na sua próxima crise, esprema algumas laranjas e acabe com o desconforto. Mas antes de louvar a vitamina C, saiba que o mérito não é dela desta vez. Uma pesquisa da Escola de Medicina Johns Hopkins, nos Estados Unidos, comprovou que o consumo de folato alivia os sintomas das alergias respiratórias, como asma e rinite. E a laranja é uma ótima fonte desta vitamina, que também é encontrada nas folhas verde-escuras, na cenoura e nos cereais.

Os pesquisadores perceberam que a adição de ácido fólico em alimentos como pães e bolos reduziu a incidência das alergias. A conclusão foi obtida após o acompanhamento de 8 mil pessoas, durante dois anos: quanto mais altos os níveis de ácido fólico no sangue, identificaram os médicos, menores os níveis do agente responsável por desencadear as crises alérgicas. 
Os pesquisadores também notaram que as alergias de pele diminuem com o consumo regular de folato. "Uma dieta balanceada consegue fornecer os 400mcg necessários diariamente a homens e mulheres", explica a nutricionista Roberta Stella. 

Veja algumas sugestões de consumo de ácido fólico 

Arroz cozido (1 xícara): 60mcg 
Aspargo cozido (1/2 xícara): 131mcg 
Feijão preto (1 concha): 119 mcg 
Grão-de-bico (1/2 xícara) 141mcg 
Pão (1 fatia): 20mcg 
Suco de laranja concentrado (170 ml): 82mcg